Bandas

 
  Patu Fu

Formada em 1992 em Belo Horizonte, a banda de rock e pop já foi comparada aos Mutantes (por ser um trio com uma mulher, Fernanda Takai, e dois homens, John e Ricardo Koctus; o baterista Xande entrou em 1995) e se tornou uma das revelações da década de 90. O primeiro disco ("Rotomusic de Liquidificapum", 1993) não teve grande alcance nacional, o que só aconteceu em 1995 com "Gol de Quem?". Com esse álbum lançou o primeiro sucesso, "Sobre o Tempo", que fez a banda tornar-se uma das mais tocadas em rádios e programas de televisão, além de fazer shows por todo o Brasil.
Depois de "Tem Mas Acabou" (1996), "Televisão de Cachorro" (1998) foi outro CD popular, incluindo "Antes que Seja Tarde", "Eu Sei" e "Canção pra Você Viver Mais". Em 1999 lançaram "Isopor". Além de composições próprias, o grupo aposta também em covers e versões de outros artistas.
Em 2001 é lançado “Ruído Rosa” com oito das treze faixas, mixado em Londres. O álbum mostra uma maturidade musical do grupo, além da aproximação do birtpop traz uma forte influência do rock nacional dos anos 80. Destaque, para a faixa-bônus com a regravação da canção dos Mutantes, "Ando Meio Desligado".
Logo depois, em 2002, em comemoração aos dez anos de carreira, o Pato Fu grava o “MTV ao vivo” no Museu de Arte da Pampulha, em Belo Horizonte. O disco traz músicas consagradas do grupo e mais quatro composições inéditas, dentre elas a faixa "Nada Pra Mim", composição de John gravada anteriormente pela cantora Ana Carolina em seu primeiro disco.
Em 2005 é a vez de “Toda cura para todo mal”. Canções inéditas que já se acumulavam desde o MTV Ao Vivo somaram-se às muitas compostas durante esse período. O CD foi todo gravado e mixado no estúdio que John e Fernanda tem em casa. O guitarrista assina pela primeira vez sozinho a produção de um disco do Pato Fu. São 13 faixas que mostram toda a diversidade de ritmos e influenciais da banda premiada em 2001 pela revista Time como uma das melhores do planeta. "Uh Uh Uh, La La La, Lê Lê", "Simplicidade" e "Boa Noite" são alguns dos destaques.
E rentemente O Patu Fu lançou seu novo álbum, marcando uma nova fase em sua carreira. “Daqui Pro Futuro” saiu pela gravadora indie Tratore. Além disso, ele está sendo vendido apenas digitalmente. O CD “físico” deve chegar às lojas em agosto. Este é o nono trabalho de estúdio do grupo mineiro, que tem novamente produção de John Ulhoa. O álbum conta com a participação de Andrea Echeverri, da banda colombiana Aterciopelados e traz também uma versão para “Cities in Dust”, da oitentista Siouxsie and the Banshees.


RÁDIO UNIFEV FM
FREV - Fundação Rádio Educacional de Votuporanga

02/10/2007 - 14h10min